sexta-feira, 2 de março de 2012

Deus é sempre Deus


Já reparou que quando está um dia ensolarado as pessoas postam no facebook dizeres como: "Que dia lindo!!! Deus é Maravilhoso!!!", ou "Obrigado Deus por mais um dia maravilhoso". Mas quando está um dia nublado ou chovendo, não é comum ver tais dizeres.

Será que para essas pessoas (inclusive eu) Deus só é Maravilhoso, ou que Sua Glória só se manifesta em dias de sol? Porque as vezes é tão difícil glorificar a Deus em dias de chuva ou em uma situação adversa?
É muito comum acharmos o dia feio quando está nublado ou chuvoso, mas a chuva é uma benção de Deus. Sem a chuva não haveria vida.

Deus é Maravilhoso em qualquer situação, seja em dia de sol ou com chuva, na alegria ou na tristesa. Deus é sempre Deus, e ele também está na chuva.

"Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco." (1 Tessalonicenses 5:18)

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Fotos - Parte 2

Mais um pouco do meu hobby fotográfico...rs.





segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

O Amor que Resiste

Os princípios que servem como fundamentos das sociedades humanas modernas, os tão famosos "valores morais", cada vez mais estão sendo revistos hoje em dia. Conceitos como família, fé, patriotismo, autoridade, vergonha, amor ao próximo, honestidade e integridade não são mais levados em conta na vida cotidiana. Em certos círculos, princípios de bem e mal estão totalmente invertidos.

O que há por trás dessa revolta contra a moralidade? Simplesmente o orgulho e o egocentrismo que têm regido o coração das pessoas desde que o pecado entrou no mundo. A única coisa que conta é: "eu, e só eu". A Bíblia nos diz que temos de desenvolver nosso caráter e quebrar as cadeias que nos impedem de viver a vida plenamente. Cada um defende sua própria posição, insiste em seu direito e frequentemente esquece seus deveres e obrigações. Isso é uma prisão que tem destruído relacionamentos.

Uma qualidade, no entanto, resiste a esse dilúvio: o amor. Amar significa dar e compartilhar (se necessário, até a própria vida) ao invés de exigir: é o altruísmo no lugar da auto-afirmação. O verdadeiro amor, que tem sua fonte em Deus, é o único e permanente valor em face da luxúria pelo poder, tão propagada hoje.

O supremo exemplo de tal amor é encontrado em Jesus Cristo, que se sacrificou pelos pecadores. "Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu a sua vida por nós" (1 João 3:16). "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" (João 3:16).

(Extraído do livro: Boa Semente)

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

O Cinema: A História do Oscar

História do Oscar


O Oscar é o mais conhecido e cobiçado prêmio do cinema hollywoodiano. Oferecido anualmente pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas (no original: Academy of Motion Picture Arts and Sciences ou AMPAS) desde 1929, o prêmio foi uma idéia de Louis B. Mayer, chefe do estúdio Metro-Goldwyn-Mayer (MGM). No primeiro ano, os ganhadores do troféu iam para a noite de cerimônias já sabendo quem tinha ganhado em cada categoria. Depois, a Academia passou a liberar os vencedores para a imprensa, que poderia estampar suas manchetes na manhã seguinte. Mas tudo mudou depois que o Los Angeles Times publicou a lista antes da premiação, estragando as surpresas. E assim, desde 1941, os envelopes são abertos apenas na cerimônia de entrega dos prêmios.

A votação é feita em dois turnos. No primeiro membros da Academia, pessoas ativas no processo de produção de cinema, votam dentro da sua área de atuação e têm direito a um voto também na categoria Melhor Filme. É daí que saem os indicados. Com a lista de candidatos em mãos, os jurados recebem cédulas de votação que vão decidir os ganhadores. Para ser elegível ao prêmio, o filme deve ter ao menos 40 minutos (exceto nas categorias de curtas-metragens), ser exibido em Los Angeles entre os dias 1º de janeiro e 31 de dezembro e ter cópias em 35mm ou 70mm ou digitais de 24 ou 48 quadros por segundo.

(Fonte: Omelete)

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

BBB12: Estuprando sua mente



Não é segredo nenhum o meu nojo pelo programa Big Brother Brasil (se é que podemos chamar de programa) que a anos contamina a TV brasileira.

Nesse ano o programa chegou ao mais baixo nivel de depravação: uma suspeita de esputro entre os participantes!
Independente o que tenha realmente acontecido, não precisamos desse tipo de programa na TV. Acho que já esta na hora do povo brasileiro avaliar o conteúdo da TV, tudo bem que com o controle remoto podemos mudar de canal mas...90% da programação da TV brasileira é lixo! Ou seja, somos refém dessas emissoras que só pensam em audiência e conseguentemente em lucro$!

Mas infelizmente é disso que o povo gosta; consume tudo que não presta; aceita tudo com muita facilidade...acorda Brasil!!!

DIGA NÃO AO BIG BROTHER BRASIL!!!